John Hyde

Cascatas tróficas – O caso das baleias

Embora pareça não fazer sentido, porque as baleias alimentam-se de krill e de peixe, observa-se que à medida que as baleias desaparecem, também diminuem os números de peixe e de krill… 

A verdade é que… (estamos fartos de ouvir falar de baleias?) as baleias contribuem em manter o ecossistema oceânico em equilíbrio…

Resumidamente, esta cascata “começa” no sítio mais baixo, como de cost(r)ume, ou seja, nas próprias fezes das baleias. Estas são libertadas em quantidades enormes à superfície do oceano, disponibilizando desse modo nutrientes tais como o azoto e o ferro para o fitoplâncton, que se delicia com esta matéria.
O fitoplâncton, por sua vez será a base alimentar do krill, que alimenta diversas baleias e peixes, que irão eventualmente alimentar ursos, humanos, lobos, águias, e ! florestas

Sem mais demoras, convido-vos a visualizar este curto mas esclarecedor filme que resume bem o papel ou algumas funções das baleias nos ecossistemas oceânicos (e terrestres também no final das contas); Narrado por George Monbiot -em inglês.

Bem haja!

 

Notem bem : As baleias ou cetáceos, nunca foram uma coisa que me fascinasse e até sempre estive muito perto de concordar com o sentido etimológico do nome que foi dado à sua infraordem, ou seja cetacea, de κῆτος [kêtos] : monstro aquático
Confesso que no fundo, tudo o que é aquático é mais ou menos um monstro, excepto quando está no meu prato; Quando está no meu prato, torna-se uma delícia ! Assim sendo, visto que os cetáceos contribuem de forma tão importante para as ditas delícias existirem e o resto da felicidade acontecer, fica aqui a minha solene homenagem a estas espécies-chave ou pedras angulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *