Arquivo da Categoria: Infogramas/Pdf”s

Intervenções de emergência em áreas ardidas – Infograma

Este folheto pretende orientar o leitor, de forma prática, em como intervir em paisagens ardidas com vista a mitigar as consequências negativas da passagem do fogo, e à regeneração ecológica.

É apresentado de forma simples e ilustrativa e detalha estratégias e técnicas para:

  • Moldar a paisagem;
  • Controlar a erosão;
  • Gerir a matéria orgânica;
  • Implementar a base de um sistema perene, mais resiliente.

Faz clic na imagem para a ampliar.

O folheto também está disponível para download em versão .pdf para impressão (A3).

 

 

PG01 – Planeamento de emergência pós fogo e design estrutural em Alvares

É na sequência do nosso trabalho pro bono para a zona afectada pelos grandes incêndios de Julho na zona de Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra e Góis, que desenvolvemos este projecto, para amigos que habitam perto de Alvares.

É uma propriedade difícil devido ao acentuado declive, e que foi praticamente toda queimada.

Neste momento, os proprietários preparam-se para intervir, só aguardam as linhas orientadoras que agora partilhamos.

Aqui estão um conjunto de ficheiros, que dão uma visão geral do que se pode e deve fazer, quer ao nível das intervenções pós fogo, quer a nível de criar uma estrutura permanente que mitiga a erosão e prepara o terreno para as plantações.

  1. Mapa de zoneamento e intervenções: Peppy v2-Zoneamento v2
  2. Corte/perfil: Peppy v4-Corte (2) sem logo.compressed
  3. Cronograma de gestão dos solos e biomassa: Cronograma de intervenção pós incendios terracrua 2017
  4. Modelo de “gestão de combustivel” para zonas habitadas: Faixa de gestão de combustivel-Corte sem logo

Cisternas em Ferrocimento

Ao longo dos anos, diversas técnicas e materiais para o armazenamento de águas têm sido experimentados em várias zonas do mundo: tijolo, pedra, cerâmica, ferro, materiais sintéticos e plásticos, etc…

 Entre estes, a tecnologia do ferrocimento destaca-se pelas suas vantagens:

CONSTRUÇÃO
• Simplicidade de implementação e transporte dos materiais;
• Rapidez de construção;
• Baixo custo e uso reduzido de materiais;
• Flexibilidade de construção, adaptável a cada situação;

QUALIDADE E MANUTENÇÃO
• Alta resistência, segurança perante o vazamento, a evaporação e terramotos;
• Longa durabilidade (min 50 anos);
• Baixa manutenção;
• Impermeável e não contaminante, o material mantém a água potável
• Sistema fechado : preservação da qualidade da água por muito tempo;

916708447_6_644x461_construmos-cisternas-gua-10000lts-

Plano técnico de Cisterna de Ferrocimento com tampa: Terracrua Design Portugal – Tanque de Ferrocimento1

Plano técnico de Cisterna de Ferrocimento sem tampa: Terracrua Design Portugal – Tanque de Ferrocimento2

Clique nas imagens da galeria.