Arquivo de etiquetas: bill mollison

Mudança de local (gabinete Terracrua)

 

(English Version below – Version française plus bas.)


É com muito agrado que vos informamos que, conforme a nossa empresa vai crescendo, mudamos o nosso gabinete para um novo local, de forma a acomodar o nosso desenvolvimento.

 

Desde esta segunda-feira 03 de Julho, pode encontrar-nos no nosso novo gabinete, na :

Praça da Républica, 44
8100-269 – Loulé
(Edifício em frente à Câmara Municipal de Loulé)

Os nossos números de telefone, fax e endereço e-mail permanecem os mesmos.
Convidamo-los a actualizar os seus registros, e direcionar todas as correspondências futuras para a morada acima referida.



Nota Bene :
Na sequência da mudança, o nosso gabinete ficou, por erro da companhia de fornecimento de eletricidade, sem energia na quinta-feira 29/07.
Infelizmente, sofremos igualmente problemas de rede telefónica desde o dia 30/07 até hoje, dia 04 de Julho, data à qual a companhia de telecomunicações finalmente resolveu os distúrbios. Assim, pedimos a vossa compreensão por qualquer inconveniente.


 

En.

It is our great pleasure to inform you that, as our business is expanding, we have moved our office to a new location, to accommodate our growth.


Since this Monday the 03rd. of July, you can find us in our new office, at :

Praça da Républica, 44

8100-269 – Loulé
(Building in front of the Loulé’s Câmara Municipal)

Our telephone and fax number remain the same. Please change your records to reflect our new contact information and direct all future correspondences to the new address found above.


Nota Bene :
In the wake of the movings, our office has been left, by error from the electricity supplier company, without electricity the hole Thursday 29/07.
Unfortunately, we have aswell had telephone network problems since the 30/07 until today, the 04th of July, when the telecommunications’ company finally fixed these ones.  
We therefore ask your understanding for any inconvenience.


Fr.


C’est avec grande satisfaction que nous vous informons de notre déménagement, reflet du développement de notre entreprise.


Depuis ce lundi 03 juillet, vous pourrez nous trouver dans nos nouveaux bureaux, sis au :

 

Praça da Républica, 44

8100-269 – Loulé

(Bâtiment en face de la Câmara Municipal de Loulé)



Nos numéros de téléphone et fax restent les mêmes. Nous vous invitons cependant à actualiser vos répertoires en fonction, ainsi que d’adresser toute future correspondance à la nouvelle adresse citée ci-dessus.

 

Nota Bene :
Dans le courant du déménagement, par erreur de notre fournisseur d’énergie électrique, nous nous sommes retrouvés sans électricité toute la journée du jeudi 29/07.
Malheureusement, nos lignes téléphoniques ont également été troublées depuis le 30/07  jusqu’à aujourd’hui, mardi 04 juillet, lorsque la compagnie de télécommunications a pu finalement résoudre le problème. Nous sollicitons en ce sens votre compréhension pour tout inconvénient causé.

 


 

 


Atentamente,

A Equipa Terracrua

 

 

h_laranja-médio_03-01 2

 

Cascatas tróficas – O caso das baleias

Embora pareça não fazer sentido, porque as baleias alimentam-se de krill e de peixe, observa-se que à medida que as baleias desaparecem, também diminuem os números de peixe e de krill… 

A verdade é que… (estamos fartos de ouvir falar de baleias?) as baleias contribuem em manter o ecossistema oceânico em equilíbrio…

Resumidamente, esta cascata “começa” no sítio mais baixo, como de cost(r)ume, ou seja, nas próprias fezes das baleias. Estas são libertadas em quantidades enormes à superfície do oceano, disponibilizando desse modo nutrientes tais como o azoto e o ferro para o fitoplâncton, que se delicia com esta matéria.
O fitoplâncton, por sua vez será a base alimentar do krill, que alimenta diversas baleias e peixes, que irão eventualmente alimentar ursos, humanos, lobos, águias, e ! florestas

Sem mais demoras, convido-vos a visualizar este curto mas esclarecedor filme que resume bem o papel ou algumas funções das baleias nos ecossistemas oceânicos (e terrestres também no final das contas); Narrado por George Monbiot -em inglês.

Bem haja!

 

Continuar a lerCascatas tróficas – O caso das baleias

PDC – Curso de Design de Permacultura, Loulé Maio 2017

Curso de Design de Permacultura, gratuito, em Loulé!

Esta iniciativa tem o intuito de promover e sensibilizar a população do Concelho de Loulé, para as possibilidades que o design de permacultura pode trazer na melhoria da qualidade de vida da população, na criação de hortas, pomares, gestão de desperdícios, energia, e muito mais. O limite é a nossa imaginação!

– O quê: Curso de Design de Permacultura;
– Quem: Sílvia Floresta, Orlando Pereira e Tiago Silva;
– Onde: Local a confirmar, em Loulé;
– Quando: 15 a 27 de Maio de 2017;
– Quanto: Grátis (com o apoio do Município de Loulé);
– Para quem: Habitantes do Concelho de Loulé, promotores de projectos agrícolas/florestais locais, empreendedores ecológicos, membros de associações locais e funcionários públicos de Loulé, desempregados;

Inscrições abertas, através do mail pdc@terracrua.org, ou pelo telefone 289416143 (das 10 ás 17h);

O que é Design de Permacultura?
A permacultura nasceu nos anos 70, do trabalho de Bill Mollison e David Holmgren. A palavra permacultura é a combinação dos termos “cultura permanente” e “agricultura permanente”.

Perguntamo-nos todos os dias: como podemos satisfazer as nossas necessidades? A permacultura coloca uma questão mais abrangente: Como vamos satisfazer as nossas necessidades como indivíduos, famílias e comunidades, ao mesmo tempo que cuidamos da saúde da Natureza, dos seus ecossistemas e das diferentes espécies que os compõem.

A permacultura é para todos. Somos parte da solução.
Na permacultura, olhamos de perto para como a Natureza funciona, estudamos as diferentes interligações e interdependências entre as plantas, árvores, insectos, pássaros, pessoas, solos, etc.

Conhecer estas ligações, permite-nos tomar decisões que melhoram a nossa qualidade de vida e a da Natureza que nos rodeia.

Nós não podemos viver neste planeta, sem causar algum tipo de impacto. Consumimos recursos e produtos que vêm de longe, geramos imenso desperdício e degradamos a saúde da Natureza. A saúde dos rios e ribeiras, a saúde dos solos, das plantas, animais e claro, a nossa saúde também.

Com a permacultura, podemos optimizar o nosso impacto e alinhar a nossa criatividade com as nossas ações e regenerar a Natureza e as nossas vidas.

Uma nova forma de olhar para o mundo:
Estudos recentes, indicam que os nossos pensamentos negativos influenciam o funcionamento do nosso cérebro e ‘adormecem’ as partes do nosso cérebro que inventam, desenham e resolvem problemas. Se a nossa mente, estiver a transbordar de ideias tristes e negativas, torna-se muito difícil encontrar soluções para os desafios sociais, ecológicos e económicos que enfrentamos hoje em dia.
Na permacultura, observamos de perto a Natureza e como ela funciona. Na Natureza qualquer distúrbio ou “crise” traz consigo novos ciclos, nichos e oportunidades para espécies de plantas e animais se desenvolverem.

A permacultura ajuda-nos a fazer o mesmo com os nossos desafios. A perceber o problema e logo ver as possibilidades para o resolver. Com prática torna-se muito mais fácil lidar com problemas e resolvê-los.

A permacultura é multi-disciplinar:
A permacultura é design, é engenharia, física, biologia, antropologia e arquitectura combinados num só. Obviamente não nos tornamos ‘experts’ em todos estes campos só estudando permacultura, mas é possível adquirir bases sólidas, nestas disciplinas ao mesmo tempo que ganhamos perspectivas de como nós seres humanos nos encaixamos neste planeta.
Com estas bases abrangentes, é possível começar a desenhar à volta das nossas necessidades da nossa vida, enquanto criamos uma mudança positiva.

“A melhor maneira de prever o futuro, é desenhá-lo”
Buckminster Fuller, visionário, designer, arquitecto, inventor e escritor americano.

Curso de Design de Permacultura:
O Curso de Design em Permacultura – PDC, é uma imersão intensiva no universo da Permacultura.

Este curso destina-se a apoiar os alunos a desenvolverem uma compreensão dos princípios básicos de design ecológico e regenerativo, e com a aplicação deste conhecimento poderem redesenhar comunidades e assentamentos humanos de acordo com as regras da natureza.
O objectivo principal deste curso de design, é o desenvolvimento de capacidades de designs eficazes através da aplicação prática de conhecimentos e ferramentas. Esta é a oportunidade de aprender, através da participação num verdadeiro processo de design em comunidade. O Curso, cumpre o formato tradicional de 2 semanas (intensivo) com 1 dia livre (mais de 90 horas) criado por Bill Mollison, combinando aulas práticas (40%), teóricas, passeios no campo, jogos interactivos, actividades dinâmicas, partilha de experiências, vivência comunitária e muito mais. Este formato, permite mergulhar nos princípios de design em Permacultura, que serão aplicados e apresentados pelos alunos nos trabalhos de design final. Para terem direito ao certificado os participantes terão de assistir a 80% do curso.

Este curso tem como base os 14 capítulos do livro “Permaculture : A Designers Manual”, de Bill Mollison.
Alguns dos temas a serem abordados neste curso:

– Princípios e éticas da Permacultura;
– Ler a paisagem. Observação dos padrões e ciclos da natureza;
– Princípios dos ecossistemas, clima e biogeografia aplicados na Permacultura;
– Princípios de Design: Processo de análise, zonas, plano energético eficiente, etc.;
– Identificação de recursos. Água no meio envolvente, recolha e conservação de água, energia solar, etc.;
– Construindo solo saudável: base da estrutura do solo, textura, etc. Estratégias para melhoramento de solos usando adubos verdes, composto, alfombra (mulch), controlo da erosão;
– Estabelecendo horta em Permacultura, florestas de alimentos – como seleccionar e manter estes sistemas. “ Como produzir mais alimento em pouco espaço” (método bio- intensivo);
– Recolha e conservação de sementes;
– Design de barreiras contra ventos / fogos;
– Habitações / abrigos saudáveis: selecionando lugar para a casa. Materiais não tóxicos. Sistemas de construção natural;
– Tecnologias apropriadas: Casas de banho secas, desidratadores solares, Fornos e fogões em barro (Cob), energias alternativas, reciclagem de materiais;
– Introdução ao design de comunidades sustentáveis e eco-vilas. Sistemas de organização em grupo.
Economia alternativa, estratégias para uma nação global.

Este curso é gratuito, mas requer inscrição prévia.
Inscrições abertas, através do mail pdc@terracrua.org, ou pelo telefone 289416143 (das 10 ás 17h);

Bill Mollison

Dia 24 de Setembro, vai ficar na memória do movimento mundial de regeneração integral, como o dia em que nos deixou Bill Mollison, o pai do design de Permacultura.

A equipa da Terracrua presta homenagem ao mestre, que deixou para trás milhões de pessoas “empoderadas” e motivadas para co-criar um novo mundo. De uma ou outra maneira, fomos todos “tocados” pela genialidade da Permacultura e das palavras do “tio” Bill. O impacto que os seus ensinamentos tiveram e têm pelo mundo fora, é simplesmente inigualável e inspirador.

“Ainda que os problemas do mundo são cada vez mais complexos, as soluções permanecem embaraçosamente simples” Bill Mollison