Arquivo de etiquetas: terracrua

Intervenções de emergência em áreas ardidas – Infograma

Este folheto pretende orientar o leitor, de forma prática, em como intervir em paisagens ardidas com vista a mitigar as consequências negativas da passagem do fogo, e à regeneração ecológica.

É apresentado de forma simples e ilustrativa e detalha estratégias e técnicas para:

  • Moldar a paisagem;
  • Controlar a erosão;
  • Gerir a matéria orgânica;
  • Implementar a base de um sistema perene, mais resiliente.

Faz clic na imagem para a ampliar.

O folheto também está disponível para download em versão .pdf para impressão (A3).

 

 

Curso de Introdução ao SIG 28-29/10 – 04-05/11

É com muito gosto que apresentamos uma nova proposta formativa, com um curso de introdução aos Sistemas de Informação Geográfica (SIG).

Sobre o SIG: (excertos tirados aqui, e aqui):
“O conceito de SIG tem-se alterado radicalmente desde a sua origem, devido à evolução tecnológica, quer de hardware, quer de software.
Hoje em dia, os seus limites parecem ser os da imaginação e arte dos programadores e dos utilizadores.

Mas o verdadeiro poder do SIG é a sua capacidade para integrar informação e ajudar à tomada de decisões no quotidiano daqueles cuja ocupação se prende com o território e as relações deste com o Homem;

No desenvolvimento do conceito de SIG, podem-se identificar quatro fases:

  1. Um sistema que permite a visualização e manipulação de dados geográficos.
  2. Uma base de dados geográfica.
  3. Um sistema que permite a análise espacial com vista à tomada de decisão.
  4. Um sistema que promove a literacia geográfica dos cidadãos, utilizando a Internet.”

 

Acerca do curso de introdução:

Datas: 28-29 de Outubro e 4-5 de Novembro
Duração: 24h
Horário: 10h00 – 13h00 e 14h00 – 17h00
Local: Sede da Terracrua, Praça da República, 44, 2ºesq  Loulé
Inscrições: sara.ruth@terracrua.org e 289 416 143

Custo: 220€ (+IVA) pelos 4 dias

Conteúdo programático:
– Conceitos Básicos de Cartografia e de Sistemas de Informação Geográfica;
– Sistemas de projecção e escalas;
– Interface de um SIG;
– Geometria e tipologia de dados espaciais;
– Criação e edição de camadas vectoriais;
– Edição, exploração, funcionalidades e potencialidades das tabelas de atributos;
– Conjugação de camadas Raster;
– Ferramentas de analise espacial;
– Aplicação de SIG em campo, picotagem e recolha de dados;
– Elaboração e edição cartográfica;
– Exportação de mapas.

O formador:
Gonçalo Gil
Licenciado em Geografia e Pós-graduado em Geografia Física e Ordenamento do Território, tem como principais competências:

  • Recolha, organização, carregamento, tratamento e modelação de dados e informação geográfica para/em sistemas de informação geográfica,
  • Elaboração de cartografia, mapeamento, análise de dados e deteção remota,
  • Utilização de material para levantamento e recolha de dados geográficos e topográficos (Topografia) como Drones, GPS, Estação Total, Teodolito, Nível e outros,
  • Utilização de material de Sondagens do tipo Trado manual Edelman, cunha, gouge e sonda pistão,
  • Interpretação paisagística, geológica, geomorfológica, hidrológica, climatológica, entre muitas outras,
  • Compreensão de processos naturais, antrópicos e relação entre estes.

 

 

Dia aberto Terracrua, sessões grátis de planeamento!

Todos os meses oferecemos sessões gratuitas de planeamento ecológico, para nos dar a conhecer e aos nossos métodos de design.

Durante estes dias temos disponibilidade para 5 sessões de 1 hora cada.

Iremos reunir em volta do vosso projecto e dar-vos uma ideia de como o planeamento (Design) de Permacultura pode ajudar a desenvolver ideias iniciais e pistas, num projecto eficiente e abundante, tanto a nível económico, como ecológico !

Próximas datas:

  • Outubro2017 – Dias 10 e 24
  • Novembro2017 – Dias 7 e 21
  • Dezembro2017 – Dias 5 e 19
  • Janeiro2018 – Dias 9 e 23
  • Fevereiro2018 – Dias 6 e 20
  • Março2018 – Dias 6 e 20

 

O evento é grátis, mas a inscrição é obrigatória através deste formulário:

 

Projecto pós fogo – linhas orientadoras para 3 quintas afectadas pelos incêndios de Junho de 2017

Este documento surge da necessidade de um planeamento para as propriedades afectadas pelos fogos florestais ocorridos no inicio de Junho de 2017 nos concelhos de Castanheira de Pêra, Figueiró dos vinhos, Góis, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela e Sertã.

Este incêndio é até ao momento o maior fogo florestal ocorrido em Portugal, tendo afectado cerca de 53.000 hectares (ICNF 19/06/2017) na sua maioria áreas de produção de eucalipto e pinheiro bravo mas também afectou com elevados prejuízos perda de vidas humanas, habitações, bens materiais e ecológicos.
Agora, com grandes áreas de paisagem ardida (tanto privada como publica) urge minimizar os futuros impactos do incêndio sendo o mais preocupante a erosão dos solos, e pensar em como se pode planear e regenerar esta paisagem numa mais resiliente, produtiva, socialmente justa e ecologicamente bio diversa.
A empresa Terracrua – Paisagem Prometida Uni., Lda, a convite, propõe planeamento estrutural para três propriedades privadas afectadas pelo fogo. Tratam-se de quintas vocacionadas para a auto suficiência alimentar, dedicando-se em escala familiar á horticultura, agrofloresta e pastoricia.
Assim este documento propõe linhas orientadoras para acção em paisagens afectadas por fogos florestais e a sua posterior gestão (fomentando a prevenção e manutenção florestal sem comprometer os ecossistemas) e um planeamento estrutural das áreas propostas (acessos, sebes, agua na paisagem, áreas de produção (florestal agrícola) e rede de infraestruturas).
Este documento quer-se simples, intuitivo e de fácil leitura, servindo como padrão de actuação sobre qualquer propriedade que tenha sofrido um incêndio ou que queira prevenir-se.

Ficheiro *.pdf: Terracrua 2017 Projecto

Link: Blog Projecto Pg01

Link: Blog Projecto Pg02

Link: Blog Projecto Pg03

Período de férias

Informamos os nossos leitores, clientes, amigos, fornecedores e parceiros,  que o gabinete da Terracrua encerra para férias entre o dia 15 de Agosto, e o dia 04 de Setembro 2017,

Até retomarmos as nossas actividades,

Desejamos a todos umas excelentes férias, regenerativas,

Bem haja,

A Equipa Terracrua.

PG01 – Planeamento de emergência pós fogo e design estrutural em Alvares

É na sequência do nosso trabalho pro bono para a zona afectada pelos grandes incêndios de Julho na zona de Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra e Góis, que desenvolvemos este projecto, para amigos que habitam perto de Alvares.

É uma propriedade difícil devido ao acentuado declive, e que foi praticamente toda queimada.

Neste momento, os proprietários preparam-se para intervir, só aguardam as linhas orientadoras que agora partilhamos.

Aqui estão um conjunto de ficheiros, que dão uma visão geral do que se pode e deve fazer, quer ao nível das intervenções pós fogo, quer a nível de criar uma estrutura permanente que mitiga a erosão e prepara o terreno para as plantações.

  1. Mapa de zoneamento e intervenções: Peppy v2-Zoneamento v2
  2. Corte/perfil: Peppy v4-Corte (2) sem logo.compressed
  3. Cronograma de gestão dos solos e biomassa: Cronograma de intervenção pós incendios terracrua 2017
  4. Modelo de “gestão de combustivel” para zonas habitadas: Faixa de gestão de combustivel-Corte sem logo

PDC – Curso de Design de Permacultura, Loulé Maio 2017

Curso de Design de Permacultura, gratuito, em Loulé!

Esta iniciativa tem o intuito de promover e sensibilizar a população do Concelho de Loulé, para as possibilidades que o design de permacultura pode trazer na melhoria da qualidade de vida da população, na criação de hortas, pomares, gestão de desperdícios, energia, e muito mais. O limite é a nossa imaginação!

– O quê: Curso de Design de Permacultura;
– Quem: Sílvia Floresta, Orlando Pereira e Tiago Silva;
– Onde: Local a confirmar, em Loulé;
– Quando: 15 a 27 de Maio de 2017;
– Quanto: Grátis (com o apoio do Município de Loulé);
– Para quem: Habitantes do Concelho de Loulé, promotores de projectos agrícolas/florestais locais, empreendedores ecológicos, membros de associações locais e funcionários públicos de Loulé, desempregados;

Inscrições abertas, através do mail pdc@terracrua.org, ou pelo telefone 289416143 (das 10 ás 17h);

O que é Design de Permacultura?
A permacultura nasceu nos anos 70, do trabalho de Bill Mollison e David Holmgren. A palavra permacultura é a combinação dos termos “cultura permanente” e “agricultura permanente”.

Perguntamo-nos todos os dias: como podemos satisfazer as nossas necessidades? A permacultura coloca uma questão mais abrangente: Como vamos satisfazer as nossas necessidades como indivíduos, famílias e comunidades, ao mesmo tempo que cuidamos da saúde da Natureza, dos seus ecossistemas e das diferentes espécies que os compõem.

A permacultura é para todos. Somos parte da solução.
Na permacultura, olhamos de perto para como a Natureza funciona, estudamos as diferentes interligações e interdependências entre as plantas, árvores, insectos, pássaros, pessoas, solos, etc.

Conhecer estas ligações, permite-nos tomar decisões que melhoram a nossa qualidade de vida e a da Natureza que nos rodeia.

Nós não podemos viver neste planeta, sem causar algum tipo de impacto. Consumimos recursos e produtos que vêm de longe, geramos imenso desperdício e degradamos a saúde da Natureza. A saúde dos rios e ribeiras, a saúde dos solos, das plantas, animais e claro, a nossa saúde também.

Com a permacultura, podemos optimizar o nosso impacto e alinhar a nossa criatividade com as nossas ações e regenerar a Natureza e as nossas vidas.

Uma nova forma de olhar para o mundo:
Estudos recentes, indicam que os nossos pensamentos negativos influenciam o funcionamento do nosso cérebro e ‘adormecem’ as partes do nosso cérebro que inventam, desenham e resolvem problemas. Se a nossa mente, estiver a transbordar de ideias tristes e negativas, torna-se muito difícil encontrar soluções para os desafios sociais, ecológicos e económicos que enfrentamos hoje em dia.
Na permacultura, observamos de perto a Natureza e como ela funciona. Na Natureza qualquer distúrbio ou “crise” traz consigo novos ciclos, nichos e oportunidades para espécies de plantas e animais se desenvolverem.

A permacultura ajuda-nos a fazer o mesmo com os nossos desafios. A perceber o problema e logo ver as possibilidades para o resolver. Com prática torna-se muito mais fácil lidar com problemas e resolvê-los.

A permacultura é multi-disciplinar:
A permacultura é design, é engenharia, física, biologia, antropologia e arquitectura combinados num só. Obviamente não nos tornamos ‘experts’ em todos estes campos só estudando permacultura, mas é possível adquirir bases sólidas, nestas disciplinas ao mesmo tempo que ganhamos perspectivas de como nós seres humanos nos encaixamos neste planeta.
Com estas bases abrangentes, é possível começar a desenhar à volta das nossas necessidades da nossa vida, enquanto criamos uma mudança positiva.

“A melhor maneira de prever o futuro, é desenhá-lo”
Buckminster Fuller, visionário, designer, arquitecto, inventor e escritor americano.

Curso de Design de Permacultura:
O Curso de Design em Permacultura – PDC, é uma imersão intensiva no universo da Permacultura.

Este curso destina-se a apoiar os alunos a desenvolverem uma compreensão dos princípios básicos de design ecológico e regenerativo, e com a aplicação deste conhecimento poderem redesenhar comunidades e assentamentos humanos de acordo com as regras da natureza.
O objectivo principal deste curso de design, é o desenvolvimento de capacidades de designs eficazes através da aplicação prática de conhecimentos e ferramentas. Esta é a oportunidade de aprender, através da participação num verdadeiro processo de design em comunidade. O Curso, cumpre o formato tradicional de 2 semanas (intensivo) com 1 dia livre (mais de 90 horas) criado por Bill Mollison, combinando aulas práticas (40%), teóricas, passeios no campo, jogos interactivos, actividades dinâmicas, partilha de experiências, vivência comunitária e muito mais. Este formato, permite mergulhar nos princípios de design em Permacultura, que serão aplicados e apresentados pelos alunos nos trabalhos de design final. Para terem direito ao certificado os participantes terão de assistir a 80% do curso.

Este curso tem como base os 14 capítulos do livro “Permaculture : A Designers Manual”, de Bill Mollison.
Alguns dos temas a serem abordados neste curso:

– Princípios e éticas da Permacultura;
– Ler a paisagem. Observação dos padrões e ciclos da natureza;
– Princípios dos ecossistemas, clima e biogeografia aplicados na Permacultura;
– Princípios de Design: Processo de análise, zonas, plano energético eficiente, etc.;
– Identificação de recursos. Água no meio envolvente, recolha e conservação de água, energia solar, etc.;
– Construindo solo saudável: base da estrutura do solo, textura, etc. Estratégias para melhoramento de solos usando adubos verdes, composto, alfombra (mulch), controlo da erosão;
– Estabelecendo horta em Permacultura, florestas de alimentos – como seleccionar e manter estes sistemas. “ Como produzir mais alimento em pouco espaço” (método bio- intensivo);
– Recolha e conservação de sementes;
– Design de barreiras contra ventos / fogos;
– Habitações / abrigos saudáveis: selecionando lugar para a casa. Materiais não tóxicos. Sistemas de construção natural;
– Tecnologias apropriadas: Casas de banho secas, desidratadores solares, Fornos e fogões em barro (Cob), energias alternativas, reciclagem de materiais;
– Introdução ao design de comunidades sustentáveis e eco-vilas. Sistemas de organização em grupo.
Economia alternativa, estratégias para uma nação global.

Este curso é gratuito, mas requer inscrição prévia.
Inscrições abertas, através do mail pdc@terracrua.org, ou pelo telefone 289416143 (das 10 ás 17h);